Carregando...

América Biomédica © 2017 - Todos os direitos reservados

Testes de drogas na família

Sendo pai ou mãe, optar por fazer um teste de drogas no seu filho (ou adolescente por quem seja responsável) pode ser uma das decisões mais difíceis que terá que tomar. Você pode estar preocupado com que o seu filho ou filha possa estar utilizando drogas, o que poderá mais tarde causar abuso e/ou dependência química.

Mas você pode estar preocupado também com o fato de que pedindo ao seu filho ou filha para se submeter a um teste de drogas poderá arruinar a sua relação com ele ou ela. É importante não tomar uma decisão desta magnitude de forma leviana, por isso criámos um guia para ajudá-lo(a) a decidir se fazer um teste de drogas em casa ao seu adolescente será boa ideia.

Primeiro, vamos olhar as razões pelas quais deverá fazer um teste de drogas no seu filho adolescente:

Um teste rápido de drogas pode ajudar seu filho a dizer não ao início do consumo de drogas: a pressão ou influência dos amigos e colegas é real. Para muitos jovens poderá ser difícil dizerem aos amigos ou colegas que não querem fumar maconha ou cheirar cocaína. Adolescentes gostam de se enturmar ou integrar, o que pode ser difícil quando os que o rodeiam pensam que ele ou ela é fraco por não utilizar drogas. Ter que realizar um teste de drogas semanal é uma ótima desculpa para o seu filho evitar tomar uma decisão errada.


Seu filho ou filha tem vindo a apresentar uma mudança dramática no seu comportamento: À medida que os adolescentes vão crescendo as suas personalidades vão mudando, mas mudanças drásticas no seu comportamento podem indicar o uso ou abuso de drogas. Se tem notado uma grande mudança no adolescente poderá ser a altura de solicitar que seja submetido(a) a um teste de drogas. Se o resultado do teste for positivo poderá dar-lhe a ajuda que ele(a) precisa. Se o resultado for negativo terá uma boa oportunidade para conversar sobre a alteração da personalidade ou comportamento e determinar qual o motivo por trás dessa mudança de comportamento.

A importância do teste na comprovação da abstinência


Há situações em que, durante e após o tratamento, a pessoa tem necessidade de comprovar à família que não tem consumido drogas. A necessidade de voltar a ter a confiança da família (para por exemplo ter acesso a dinheiro) significa que o teste pode ser essencial para a comprovação de abstinência nessas circunstâncias.